Conceição do Araguaia, Pará, Brasil​

Siga

Conceição do Araguaia, Pará, Brasil​

Siga

Ajude na formação dos futuros sacerdotes

Ajude na formação
dos futuros sacerdotes

Retiro do Clero e Missa da Unidade…

O retiro anual do clero de Conceição do Araguaia contou com a presença de todos os padres e dois diáconos que aqui se encontram em missão. Após um bom tempo, o retiro voltou a se realizar na Chácara Paroquial, em vista da Missa da Unidade ou Missa dos Santos Óleos que, pela segunda vez seguida, aconteceu na Catedral Diocesana.

A pregação do retiro foi conduzida pelo Bispo de Luziânia-GO, Dom Waldemar Passini, convidado por Dom Dominique You. Ele desenvolveu o tema a partir do evangelho de Marcos, fazendo uma leitura inédita da cura do cego Bartimeu como não apenas uma cura, mas um verdadeiro chamado. Nesse sentido, o evangelista mostra que o chamado e a cura estão simultaneamente relacionados. Sendo, assim, a nossa história vocacional é sempre uma história de salvação.

O convite do retiro foi reler a própria história buscando contemplar a vida, os encontros, desencontros e reencontros como ação de Deus curando-salvando. Isso não minimiza a graça do chamado, porque se ouve narrar com maior facilidade as curas do que o chamado, a vocação.

Na quinta-feira, ao invés de se celebrar no interior do próprio retiro, o Bispo convocou a todos para, na Catedral, celebrar a Missa dos Santos Óleos. Esta Missa, de costume, é celebrada na manhã da Quinta-feira Santa, concluindo o tempo quaresmal, mas a Igreja, por razões pastorais, oportuniza o seu desenvolvimento em outra data dentro da quaresma, a fim de favorecer a participação dos fiéis e do clero.

Durante a celebração, os padres renovaram as promessas que fizeram no dia da sua ordenação sacerdotal. O que é bem pertinente, pois no retiro, haviam feito a experiência da confissão e da reconciliação. De fato, em estado de graça, podem se dedicar às celebrações mais importantes do ano e conduzir todos os fiéis à renovação e a graça do batismo na noite santa de Páscoa.

Os vasos com os óleos do Batismo, da Unção dos Enfermos e do Santo Crisma foram entregues a cada sacerdote no final da Missa e seguiram para todos os cantos da nossa Diocese como uma verdadeira irradiação da graça de Cristo, distribuída nas unções que acontecem naqueles que irão ser batizados, nos enfermos e nos que recebem a confirmação. O óleo do Crisma, porém, é usado ainda para ungir as mãos do neossacerdote, a cabeça do bispo em sua ordenação, nas crianças após o batismo, e na consagração de novos templos e altares.

Texto: Pe. Renato Paganini

Fotos do retiro: Pe. Otávio Grapiuna.
Fotos da Missa do Crisma: Pascom da Paróquia Nossa Senhora da Conceição- Catedral.

DESTAQUE

ÚLTIMAS POSTAGENS

Morre, na Itália, o Padre Renato Trevisan

Santa Missa do Crisma, celebrando a Unidade da Fé

Em Xinguara, João Paulo e Samuel Lima são ordenados diáconos