Conceição do Araguaia, Pará, Brasil​

Siga

Conceição do Araguaia, Pará, Brasil​

Siga

Ajude na formação dos futuros sacerdotes

Ajude na formação
dos futuros sacerdotes

Morre, na Itália, o Padre Renato Trevisan

Na última segunda-feira, dia 08 de abril de 2024, na Casa Mãe dos Missionários Xaverianos, em Parma – Itália, faleceu o Pe. Renato Trevisan. Tinha 80 anos de idade. Nasceu em 04 de dezembro de 1943.  E foi ordenado presbítero em 27 de setembro de 1970.

Ele, de origem italiana, chegou à Região Norte do Brasil no final da década de 1970.  Na época, os Missionários Xaverianos, além da Diocese de Abaetetuba, atuavam na Arquidiocese de Belém e na Prelazia do Xingu, com sede em Altamira.  Já no Brasil, Padre Renato foi destinado para a Prelazia do Xingu.  Foi lá que teve os primeiros contatos com os povos indígenas.  Servindo com outros Xaverianos na Paróquia de São Félix do Xingu, encontrou-se com os Kayapós, que logo se tornariam uma paixão e, no meio dos quais encontraria as fontes e os fundamentos da missão e do próprio Carisma dos Xaverianos.  Nesse primeiro período, ficou até 1993, tentando realizar o sonho do fundador dos Xaverianos, isto é: “Fazer do mundo uma só família”.

Depois de um período de mais ou menos 10 anos, servindo na Congregação, como superior regional (em Belém) e conselheiro geral (na Itália), em 2002 retorna ao Brasil, logo se engajando na equipe da Pastoral indigenista, recém iniciada na cidade de Redenção e a serviço da Diocese da Santíssima Conceição do Araguaia.  Na sua generosidade e paixão pelos “pequenos”, no caso específico os Kayapós, ele não mediu esforços na “construção de pontes” e na convivência fraterna entre os povos indígenas e a sociedade redencense.

São vários os momentos e eventos em que ficam plasmadas a figura e a presença do Padre Renato junto com os Kayapós: manifestações, reivindicação dos direitos dos povos indígenas, celebrações e festas de aproximação e intercâmbio cultural entre os diversos povos que conformam a sociedade sul-paraense.   Dois momentos que para nós como Igreja de Conceição do Araguaia ficarão inesquecíveis são: a dedicação e participação do Pe. Renato junto com uma significativa comitiva de Kayapós, na Posse de Dom Dominique, bispo atual; e a participação nas celebrações do Centenário da Diocese e a idealização e construção do Centro Pastoral e de Cultura Anton Lukesch, em Redenção.

Nesse sentido, rezemos pela alma do Pe. Renato Trevisan, suplicando que brilhe sobre ele a luz de Cristo. E que Deus o recompense, no Céu, pelo trabalho de evangelização em nossas terras sul-paraenses, o qual dedicou sua vida e ministério no cuidado aos povos indígenas.

Texto e foto: Irmão Raymundo Camacho, missionário xaveriano.

Foto: https://xaverianos.org.br/noticias-e-artigos/novidades/2898-pascoa-do-pe-renato

DESTAQUE

ÚLTIMAS POSTAGENS

Missionários Diocesanos 2024

MENSAGEM AOS CRISTÃOS CATÓLICOS DO BRASIL

61ª Assembleia Geral da CNBB – Caminhos para a Sinodalidade